segunda-feira, 18 de setembro de 2017

XI Bookcrossing Blogueiro Kids


BOM DIA!!!
O evento cultural mais fofo do blog está de volta!! Sim, ele mesmo, o XI Bookcrossing Blogueiro Kids, que irá ocorrer em um período maior do que normalmente acontecia nas últimas edições. Será quase um mês de evento! Obaaa!!!
Isso mesmo! O projeto voltou com força total!

O BBK nada mais é um projeto que visa dar liberdade para um livro (e/ou gibi) que está aí na sua estante, guardado. É deixar livre para que outra pessoa possa receber esse carinho em forma de história, ler e repassar adiante a ideia. Para saber mais, clique aqui e veja os posts das edições passadas.

Como participar?

Chame seu filho, sua sobrinha para participar junto com você: escolham um livrinho ou um gibi, escrevam um recadinho bem bonito e liberte! Deixe ele em um local de grande circulação de pessoas (Minhas sugestões: carrinho de supermercado, praça de alimentação do shopping, banco de uma praça...)
Sugestão de texto para o seu bilhetinho. 
Para fazer o download do bilhete, clique na imagem!



Adorei a ideia, mas eu não tenho blog. Posso participar mesmo assim?

Claro, pode sim!!! Qualquer pessoa pode participar! Mesmo quem não tem rede social pode libertar um livro e/ou gibi.

Agora se você tiver perfil em alguma rede social: twitter, facebook, Instagram ou outro qualquer fica a dica de como participar: tire uma foto do livro (e/ou gibi) que irá libertar, poste nas suas redes sociais. Ah! Você pode usar a tag 
#bckids2017

Aguardo vocês!

domingo, 6 de agosto de 2017

Tecnologia para crianças. #happycode

"Todos deveriam aprender a programar um computador porque isso ensina a pensar" (Steve Jobs)


É com essa brilhante frase do Steve Jobs que inicio o post de hoje. Ontem abriu aqui em Belém uma franquia da Happy Code, escola de tecnologia para crianças. Sim meus queridos leitores, a ideia da escola é ensinar desde um curso de youtuber para os pequenos quanto robótica. Incrível não?


Na Happy Code existem dois cursos rápidos e os cursos regulares (para crianças e adolescentes de 5 a 17 anos).

                        

Os cursos rápidos são os de Minecraft e Youtuber. Ambos tem duração de um mês, com aulas uma vez por semana.  Já os cursos regulares, oferecem turmas de Games, Apps e Robótica.


A turma de Games é composta por 3 módulos (onde os alunos aprendem linguagem de programação, projetos de jogos 2D e 3D). 


Na turma de Apps os alunos tem a possibilidade de desenvolver programar aplicativos para e jogos para smartphones e tablets.




E por fim, a que particularmente me interessou mais, a turma de Robótica onde os alunos vão construir seu próprio drone! Fantástico não?

Ontem foi o lançamento e estive lá para conhecer o espaço, que é incrivelmente lindo, e conhecer um pouco mais sobre essa franquia que chegou para ficar (vejam no vídeo abaixo o que aconteceu na manhã de lançamento da nova unidade) 




Quem quiser mais informações sobre a Happy Code Belém pode acessar a fanpage deles (aqui). Para quem não é da daqui, acesse o site da Happy Code e confira as cidades onde a franquia já está presente.

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Montevideú: onde ficar? - #roteiro2016doblog

Hola!

Assim como fizemos em Buenos Aires, em Montevideú também ficamos hospedados em um apartamento e locado pelo Airbnb.

O apartamento é novo, super charmoso e bem localizado (perto de supermercado, pertinho da Rambla - que é a bela orla de Montevideu) era do Vladimir (clique aqui para ver o anúncio) que junto com sua imã Ana foram anfitriões de primeiríssima!

Deixaram um papel com todas as informações: senha do wifi, telefone de táxi, telefone de contato deles e ainda deixaram o Netflix funcionando em canal de criança (eles sabiam que eu ia com meus filhos)Super indico!

Com vocês, algumas fotos do apartamento...


O apartamento tem dois quartos (um com cama de casal e outro com cama e bicama). Todos os móveis no apt. eram novos.




Ai que saudade de Montevidéu!!! Que saudade!



Tanto nos quartos quanto na sala haviam central de ar.


Banheiro com direito até a secador disponível....vê se isso não é uma fofura só?


Cozinha completa (tanto de utensílios quanto de equipamentos - máquina de café, torradeira, liquidificador etc). Na nossa chegada havia uma garrafa nova de água na geladeira.💓  



Eles deixaram também o cartão que permite o uso da máquina de lavar do condomínio. Não foi necessário, mas deixaram tudo explicadinho caso fosse necessário usar. Junto com o cartão havia também um manual com as regras do prédio. 



E o apartamento ainda contava com uma sacada gostosa de ficar, tirando o frio imenso que fazia, kkkkk, aproveitamos uma vez somente. 


Obs: Gostaria de pedir desculpas pelo imenso atraso nos posts, mas minha vida está bem turbulenta e estou tentando organizar tudo, mas ainda não consegui direito. Hoje tive um tempinho e resolvi vir atualizar o blog. Com calma os posts vão saindo, prometo!


Para ler outros posts sobre a viagem, clique em Roteiro 2016.

Bjo e até outro dia!

sábado, 20 de maio de 2017

Um dia em Colonia del Sacramento #roteiro2016doblog

Hola!

Seguindo recomendações da mega blogueira e viajante Claudia, ficamos um dia inteiro em Colonia del Sacramento. E ó, me apaixonei!!!

Existem 3 empresas que fazem o trajeto Buenos Aires - Colonia del Sacramento. São elas Buquebus, Seacat e Colonia Express (nossa escolha). O Ricardo, do Viaje na Viagem tem um post ótimo falando das três empresas (cliquem aqui para ler).



Ainda em terras (ou águas?) argentinas.
O processo de imigração no Uruguai é feito ainda no porto e de forma muito organizada e tranquila. O oficial argentino registra sua saída do país e o uruguaio a sua entrada. Simples e rápido o processo. Levei uma pequena bronca por causa do estado do meu RG (estava um pouco velho, mas fui mocinha e já tirei um novo). 

A viagem é super tranquila e só senti um pouco balançar na saída da Argentina. Cerca de 15 minutinhos depois que o ferryboat saí abrem o free-shop e ele fica aberto até perto de chegar em Colônia. Aproveitamos para fazer umas comprinhas (mostrei alguns itens lá no stories do instagram:@viagensefilhos).



Chegando no Uruguai

O desembarque em Colonia foi tranquilo. Chegando lá fomos direito ao guichê de câmbio para fazer nossa primeira troca de dinheiro (lembrem-se que lá são pesos uruguaios!), depois retirar o carro que locamos e partir para explorar a cidade.


sexta-feira, 19 de maio de 2017

5 lugares no Brasil para conhecer com crianças.

Olá!

Tudo bom? 😊
Viajar é sempre bom não é mesmo? E neste nosso lindo país existem lugares maravilhosos para levar a criançada e o post de hoje vai trazer 5 lugares que já fomos com os pequenos e que agradou a todo mundo. 

Fonte: Google Imagens
Nem só de Beach Park e praias se faz uma viagem para a capital do Ceará. Conhecemos o parque em 2014 (cliquem aqui para ler) e foi uma grata surpresa. O Engenhoca é um parque ecoeducativo onde a criançada pode interagir com a natureza. O parque é lindo e tem atividades para a família toda, apesar de ser mais voltado para o público infantil. 

Ingressos: 
Existem 2 tipos de ingressos no Engenhoca: Aventura e Conhecer.

O Aventura é mais completo e possibilita fazer atividades como o Arvorismo, Tirolesa, Caiaque, Kartciclo etc. Algumas atrações só podem ser desfrutadas uma única vez, como o arco e flecha e o bumper boat, caso o visitante queira ir novamente deverá pagar por fora.

Valor do pacote Aventura: R$ 77,00 (adulto) R$72,00 (criança).
*A partir de 12 anos já conta como adulto.

O pacote Conhecer ao parque mas sem incluir as atividades, é como se fosse somente a entrada no parque e você paga por cada atração que deseja conhecer (vejam os preços aqui). Para adultos que não gostam de atividades ao ar livre recomendo esse ingresso; agora se você é um adulto como eu, que vai junto com o filho nas atrações opte pela primeira opção (Aventura) para não sair caro demais!

Valor do pacote Conhecer: R$ 24,00 (inteira) R$ 12,00 (meia)

Horário de Funcionamento: Quarta a domingo (10:30 - 17:00), inclusive nos feriados. Nos meses de Julho e Janeiro o parque abre a partir de terça-feira, no mesmo horário.

Endereço: Rua Raimundo Coelho, 200


Fonte: Google Imagens

Snowland (Gramado/RS) 
Gramado por si só já é uma cidade maravilhosa para visitar e conta com diversas atrações para as crianças, entre tantas opções escolhi falar da que acho uma das mais interessantes, quando conhecemos o Snowland (cliquem aqui para ler) ele havia acabado de inaugurar e percebi que de lá pra cá acrescentaram muitas atividades.  

O parque é dividido em 3 setores: Montanha de Neve, Vilarejo Alpino e o Mirante Bela Vista.
  • Montanha de Neve: Com temperaturas entre - 5˚C e - 3˚C você pode brincar na neve e curtir atrações como o Tubing e o Snowplay (cliquem aqui para ver vídeos sobre o Snowland). 
  • Vilarejo Alpino: O parque conta também com uma pista de patinação e um simulador 7D (esse é novo, não conheço).
  • Mirante Bela Vista: Aqui você encontra a praça de alimentação, o cinema 7D, o Ice Games e o Ice Kids (um parquinho para as crianças pequenas).
O parque ainda conta com a Escola de Neve, onde você paga separadamente do ingresso para ter aulas de sky/snowboard. As aulas individuais devem ser agendadas previamente. Clique aqui para mais informações.

Ingressos:
Os preços são divididos entre Alta e Baixa Temporada (consulte o calendário do parque para saber em qual período se encaixa a sua viagem)

Alta Temporada: R$169 (adulto)/ R$ 139 (crianças de 4 a 11 anos) / R$ 149 (acima de 60 anos)

Baixa Temporada:
R$129 (adulto)/ R$ 99 (crianças de 4 a 11 anos)/ R$ 109 (acima de 60 anos)


Endereço: RS -235, 9009


Fonte: Google Imagens
Beto Carrero World (Penha/SC)🎢
Localizado em Penha/SC, esse parque é meu xodó, já fomos 3 vezes  (os posts da nossa ida ao parque este ano ainda não estão prontos #vergonha 🙈). O parque tem tantas atrações que é difícil falar de forma resumida dele, por isso convido você a ler os outros posts que fiz sobre o BCW.

Viagem surpresa para o Beto Carrero World

Beto Carrero no #roteiro2014doblog

Recomendo 2 dias para visitar o parque, principalmente se for em alta temporada (julho/dezembro e janeiro). Ano passado, em maio, o parque estava vazio e o clima super agradável (até caiu uma chuvinha no segundo dia). 

Ingressos:
O BCW vive tendo promoção, por isso é bom sempre entrar no site para verificar se no período da sua viagem tem alguma promoção vigente. Por ex, no momento, a mãe não paga ingresso e ainda ganha um almoço grátis!

O valor fica em torno de: R$ 130 (adulto)/ R$120 (criança - 4 a 9 anos)/ R$ 77 (acima de 60 anos). 

Horário de funcionamento: 09:00- 18:00 

Endereço: 
Rua Inácio Francisco de Souza, 1597
(O parque conta com estacionamento, custa R$ 45,00)



Fonte: Google Imagens


Além das praias belíssimas, a ilha da Magia conta com mais esse atrativo para os pequenos. Conhecemos em 2014 (clique aqui para ler) e achei muito interessante. O lugar é lindo e a criançada ainda pode aprender sobre preservação da natureza. 

Horário de funcionamento: 9:30 às 17:30 (todos os dias, inclusive feriados)

Ingressos: 
R$ 15,00 (adulto)/ R$ 7,50 (meia entrada)

Endereço: Rua Prof. Ademir Francisco, 100

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Teatro Infantil: A Bela e Fera #belemcomcriancas

Oiê!


No final de semana passado fui com minha filha prestigiar o teatro infantil e a escolhida não poderia ter sido melhor, uma doce e mágica montagem do clássico "A Bela e a Fera", feita pelo grupo Encenação.

Cenário lindo, figurino super bem feito e elenco afiadíssimo! Amei os personagens Pierre e Dumont, eles formam uma dupla divertidíssima! 


Quero deixar meus parabéns a todo o elenco que no final do espetáculo ainda recebe o público para fazer fotos. 



Recomendo fortemente que os pais levem seus filhos para o teatro. Teatro é cultura. Incentivem bons hábitos. Para quem é de Belém, recomendo que sigam a fanpage do grupo Encenação (cliquem aqui) para ficar por dentro das novidades. 

No segundo semestre vem uma peça linda que já está sendo preparada pelo grupo e o blog estará lá para acompanhar e assim que souber mais informações divulgarei no insta @espelhodesi


Deixo vocês com a trilha do lindo desenho!



quinta-feira, 11 de maio de 2017

BC - 10 dicas de viagem que só uma mãe pode dar.


Olá!

As integrantes do grupo de mães viajantes do facebook uniram-se mais uma vez em uma blogagem coletiva. E o assunto não poderia ser mais apropriado: 10 dicas de viagem que só uma mãe pode dar.  Vem comigo...

1. Não tenha medo de viajar com criança pequena.
Sim, é possível viajar com criança pequena. Não tenha receio de fazer isso. É trabalhoso (pela quantidade de tralhas que acabamos levando, rs), mas você vai se surpreender em ver o quanto é bom para as crianças e para a família.

A primeira viagem do meu caçula foi aos 4 meses (clique aqui para ler). Consultamos a pediatra dele e ela foi a primeira a nos estimular a viajar...rs 💓. 

2. Pense fora da caixa! 
Montando o roteiro para viajar e só consegue pensar na Disney? Naaaão, que isso...pense fora da caixa! Tem tantos lugares incríveis para você conhecer e que não são necessariamente os conhecidos 'destinos de criança' que vale a pena se arriscar (dica, leia o blog do Felipe, Pequeno Viajante, você vai pirar com tantos roteiros maravilhosos!)

Em 2011 quando fomos para a Eurotrip com nossa pequena ouvi muitas críticas de 'amigos', do tipo: "Europa é destino pra adultos, não tem nada lá pra criança, ela não vai gostar!" 😦. Ainda bem que não dou atenção para esse tipo de comentário, pois foi uma das viagens mais maravilhosas que já fizemos!

Claro que, para viajar para um lugar que não seja tão turístico ou conhecido por receber os pequenos vale a pena pesquisar bastante e os blogs participantes dessa blogagem são ótimas fontes de pesquisa, se joguem! 😉

3. Kit Viagem para a criançada.
Aqui tenho duas crianças, uma pequena de 3 anos e outra maior de 10. Sempre levo um kit de viagem comigo. As longas esperas em aeroporto, restaurante ou mesmo no deslocamento podem fazer os pequenos ficarem impacientes. Já falei sobre isso no insta (@espelhodesi).

O kit básico inclui: revistinha em quadrinhos, giz de cera lavável, papel em branco, desenhos para colorir, brinquedos e livros. E olha, isso quebra um galho que vocês não tem ideia! 

5. Cadeirinha/bebê conforto.
Essa dica vai para pais de primeira viagem e que vão andar de carro com eles, lembrem-se sempre desse item de segurança!

Algumas pessoas optam por alugar a cadeirinha (ou bebê conforto) no destino - o que eu recomendo se for uma viagem curtinha, caso contrário leve o seu para economizar. Lembre-se somente de confirmar com a locadora do carro (se for o caso) a disponibilidade da cadeirinha/bebê conforto! 😏


[UPDATE IMPORTANTE!]


PS:
A Cintia, do Malas e Malinhas, lembrou de um aspecto importante: embalar a cadeirinha para despachar como bagagem (você tem direito quando viaja com criança).

Em alguns aeroportos existem aqueles serviços para embalar, caso não tenha ou não queira utilizar esse serviço vale embalar com um saco grande de plástico (daqueles de lixo sabe?). Assim ela vai mais protegida.

Importante observar que em alguns aeroportos as cadeirinhas não são disponibilizadas na esteira junto com as malas, por ser um volume grande elas são entregues em um balcão da área de desembarque. Fiquem atentos!

6. Não limite seu roteiro somente a passeios 'de criança'.
Certa vez ouvi uma pessoa comentando que jamais levaria seus filhos para a Europa pois ela gostaria de ir no Louvre, por exemplo, e lá não é lugar de criança! #oi?

Gente, para! Não! Viajar com criança não é viver 24 horas no mundo fantástico deles não, pelo contrário, apresentar o 'seu mundo' para os pequenos pode ser muito valioso. Focando no exemplo que dei acima, se você quer muito ir no Louvre, mostre antes para seu filho na internet alguns quadros em exposição, faça da visita algo lúdico (alguns museus possuem guia infantil), brinquem, divirtam-se. 

Ah sim, e museu é lugar de criança sim e existem muitos museus próprios para os pequenos, como o Museu Participativo de Ciências, em Buenos Aires (falei dele aqui) e o Glazer em Tampa, nos Estados Unidos (falei dele aqui).


Enfim, não limite seu roteiro a praças, parquinhos e coisas do universo infantil. Será bom para todo mundo! Acredito que viagens devam ser prazerosas para todos os membros da família e fazer um pouco da programação de todo mundo é bem legal o importante não é a programação e sim estarem todos juntos aproveitando o momento em família! 


7. Respeite o tempo da criança.
Isso mesmo. Não adianta querer passar o dia inteiro batendo perna na rua e depois reclamar que o filho está irritado, cansado. Pense bem, qualquer criança uma hora cansa. Faça paradas estratégicas (para tomar um sorvete, brincar em uma pracinha, fazer um lanche, coisas do gênero...) assim o passeio não ficará cansativo para ninguém.


8. Relaxe com relação a alimentação.
Pesquise restaurante com menu kids, mas não limite-se a eles. Sair da rotina também faz parte de quem viaja com crianças. Se um dia o almoço for em um fastfood tudo bem, férias também serve pra isso, para fazer coisas diferentes.

Sou super relax com isso. Nas férias de 2015 (clique aqui pra ler) fomos para os Estados Unidos e sei que lá tem opções mais saudáveis para comer, mas não achei barato para uma família com 4 pessoas. O que aconteceu? Rolou fastfood, pizza e besteiras durante quase todo o período que passamos na terrinha do Tio Sam kkkkkk .... sem neura, tranquilo! Fomos comer comidas mais saudáveis no cruzeiro da Disney...rsrsrs.

9. Filhos maiores, como tornar a viagem atrativa pra eles.
Aqui algo que funciona bem com minha filha é deixar que ela faça os próprios registros da viagem. Ano passado deixei com ela uma máquina fotográfica antiga nossa, ela sai tirando foto de absolutamente TUDO que vê (kkkk) e vai criando seu próprio álbum de fotos.

Para quem tem conta no Netflix pode usar o recurso de fazer download do conteúdo para assistir offline* (e isso vale inclusive para distrais os pequenos durante uma conexão por exemplo). Veja aquilo que seu filho mais gosta de fazer e, se possível, adapte para esse momento.

* O conteúdo fica disponível por um determinado tempo, recomendo baixar somente perto da viagem para evitar surpresas!



10. Viaje.
A minha décima dica é simples: Viaje. Simplesmente viaje. Viajar possibilita para o seu filho conhecer lugares diferentes, entrar em contato com novas culturas, novos idiomas. 

Caso você vá sempre para a mesma cidade, pense em programações diferentes que possa fazer por lá, como mostrar algo novo para seu filho. Viagens para locais já conhecidos não as tornam menos interessantes! É sempre um aprendizado!


[DICA BÔNUS]

Viagem com criança exige planejamento principalmente financeiro.
 
Avaliar gastos e estabelecer prioridades podem ajudar a organizar a viagem dos sonhos, principalmente se for uma viagem internacional que envolve mais gastos (falei disso aqui).


Era isso pessoal. Garanto que esses momentos em família serão lembrados com muito carinho. 

Confira as outras dicas que as mamães viajantes escreveram e até o próximo post! 😗

Acompanhe as # oficiais do projeto nas redes sociais:
#dicadeviagemdemae #dicademaeviajante 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...